domingo, 4 de outubro de 2009

Diospiros

Ontem fui apanhar Diospiros, e como sou das poucas pessoas que gosta (só eu e o meu pai), eles até caem da árvore por mais ninguém os ir buscar. Tive que fundamentar aos menos crédulos porque é que gosto deste fruto tão esquisito, e  aproveito para partilhar.

O diospiro é o fruto das árvores do género Diospyros e é originário da China. O seu cultivo é mais propício em zonas temperadas. A coloração pode apresentar-se desde amarelo - alaranjado até um laranja escuro. 

Habitualmente, o diospiro tem um elevado conteúdo de taninos, o que faz com que os frutos não amadurecidos sejam adstringentes e com sabor amargo. Ainda assim, existem variedades com baixos teores de taninos, denominados não - adstringentes.

Informação nutricional: O diospiro é constituído principalmente por água, tal como a maioria das frutas. É rico em hidratos de carbono, sobretudo frutose, o que determina o seu valor energético moderado e o sabor doce. Tem quantidades moderadas de fibra solúvel, denominada pectina, de carotenos (pro-vitamina A) e de potássio.

Tabela de composição nutricional (100g de porção edível)

Energia (kcal) 58               Água (g) 82,6                Proteína (g)  0,6
Gordura (g) 0                    Hidratos de carbono (g) 14,8
Fibra (g) 1,5               Caroteno (μg) 177           Potássio (mg) 228

Vantagens e desvantagens:

Devido ao seu elevado teor de hidratos de carbono, principalmente daqueles com absorção rápida, o consumo de diospiro deverá ser moderado pelo aporte energético e pelas alterações de glicemia (nível de açúcar no sangue) que podem provocar.

Quando a pectina, uma fibra solúvel encontrada nas frutas, chega ao intestino sofre um processo de fermentação que liberta ácidos gordos de cadeia curta. Estes são responsáveis pelos efeitos benéficos para a saúde, nomeadamente no controlo da glicemia e dos níveis de colesterol no sangue, ajuda no processo inflamatório na parede do intestino e promove uma flora intestinal mais saudável.

O potássio é importante para a tensão arterial, para o equilíbrio dos fluídos do corpo e para a contracção muscular. Tem um leve efeito diurético pelo seu conteúdo em água e potássio, que poderá ser benéfico no caso de gota e hipertensão arterial ou em caso de perdas excessivas de potássio, como durante a utilização de diuréticos. É desaconselhado em casos de insuficiência renal, visto que nesta condição o consumo de potássio é restrito.

Os carotenos são transformados em vitamina A depois de absorvidos pelo organismo. A vitamina A é um componente dos pigmentos visuais responsáveis pela recepção de luz na retina dos olhos. Além disso, é importante para uma pele saudável, no crescimento, desenvolvimento ósseo e para a reprodução.

6 comentários:

VeraB disse...

Adoro diospiros. Já comprei duas vezes a semana passada...quem me dera ter uma árvore para os apanhar. Cá em casa todos gostam.
Beijinhos

anabenfica disse...

Eu adoro dióspiros!

Hoje fui a casa da minha ame e só não trouxe porque chovia imenso e não consegui ir apanhar :(

micael disse...

A minha moura encantada adora diospiros. Este ano tivemos poucos e os pássaros chegam por vezes primeiro...
Bjs

Mar.garida disse...

Gosto de diospiros mas aqueles que são um laranja mais claro e rijinhos (mas não verdes). Sei que há uns de cor mais escura que são moles e esses não gosto.
bjs

O Profeta disse...

A meiguice dos teus olhos
Enternece a alma mais dura
Sei-te em cada batida de coração
Na verdade da água pura

Voa pelo celeste no seio de uma nuvem branca
A água que beija a ilha
Apaixonou-se pela sua sublime beleza
De emoção chorou perante a maravilha

Doce beijo

Andrea Guim disse...

Uau! Nunca havia ouvido falar deste fruto aqui pelo Brasil! Se você tiver tiver imagens dele mostre-nos!!!
Beijins!

Blog Widget by LinkWithin