sábado, 26 de Setembro de 2009

De onde vêm as alcaparras?

Adoro alcaparras, pelo seu sabor intenso a sal e vinagre, pela textura e pela cor. Já repararam que parece que têm sarampo, mas com as pintinhas quase flourescentes? Para mim são uma goluseima.
Entretanto comecei a interrogarme, afinal o que são? De onde vêm? Agarrei numa e dissequei-a, encontrei órgãos sexuais (muitos estames e um estigma), surpreendentemente descobri que a alcaparra é uma flor em botão, o que me leva a outra questão, é a flor de quê?? Fui pesquisar e encontrei isto, que partilho com vocês:

A alcaparra é uma planta elegante que vegeta em rochedos e resiste à aridez e secura do clima mediterrânico. Ela é, no entanto, bastante rara no nosso País.

A flor da alcaparra é constituída por quatro sépalas verdes, quatro robustas pétalas brancas, em concha e, no centro, um punhado de compridos estames violetas. Só por isso, a alcaparra deveria ser classificada como planta ornamental, mas igualmente as folhas e a formação arbustiva têm inegável beleza. O fruto é uma baga verde que pode atingir 5 cm de comprimento.

Quer os antigos gregos, quer os romanos, usavam a alcaparra para fins medicinais e gastronómicos, sendo a mesma mencionada por Theophrastes e Plínio, entre outros. Também a Bíblia lhe faz referência.

Entre os seus componentes químicos, registam-se flavonóides, óleo essencial semelhante ao da mostarda, ácido cáprico, ferro, sódio e vitaminas. São-lhe atribuídas algumas propriedades medicinais: adstringente, anti-espasmódica, diurética, tónica, aperitiva e vermífuga. Usam-se (ou usavam-se) os botões florais e a casca das raízes para tratar a ciática, aumentar a diurese, abrir o apetite e combater as flatulências. Externamente, a decocção da raiz pode ser utilizada para a lavagem de feridas, acelerando a sua cicatrização.


Actualmente, os botões florais das alcaparras, conservadas em vinagre e sal, constituem um condimento muito apreciado pelos “gourmets”, atingindo alto valor comercial.

As alcaparras constituem um ingrediente habitual da cozinha mediterrânica, principalmente na Grécia e na Itália, quer como simples aperitivo, quer integrando “pizzas”, saladas e molhos. Em determinadas regiões utilizam-se culinariamente também os frutos e as folhas migadas, devido ao seu sabor levemente salgado e picante.

12 comentários:

Rosan disse...

Analuciana.
quanta informação, não fazia a mínima idéia, de onde vinha, sabe que por aqui é difícil de ver, e eu particurarmente nunca esperimentei, gostei muito da flor é linda mesmo, iria ficar bem eu acho aqui no jardim.
beijos

Estela disse...

Analuciana,
Adorei estas informações, a
Alcaparra é tão gostosa como condimento e a gente não fazia idéia como ela é bonita.
Bks.

micael disse...

Naturalmente já provei, sem o saber!.. É muito provável que já tenha saboreado, no Algarve, comidas com este condimento.

Bom fim de semana.

Micael

HAZEL disse...

É um sabor (alcaparras) a que não estou habituada. Já comi, mas acho-o sempre algo estranho. Falta de hábito!

Venho responder-te sobre as romãs.
É muito fácil tirar as sementes, mas a maior parte das pessoas não sabe fazê-lo.
Não precisas de descascar.
Agarras numa faca, e partes a romã ao meio.
Depois, com uma mão, pegas numa das metades da romã, e vira-la para baixo com uma tigela por baixo. Enquando seguras a romã com uma mão, com a outra bates com uma colher de pau várias vezes com força na parte de cima da romã (onde tem a casca).
As sementes saltam todas para a tigela.
Experimenta, vais ficar espantada!!

Beijinhos

anabenfica disse...

Também não fazia a minima ideia!!

O Cantinho da Mimi disse...

Olá ;)

Dá uma espreitadela no meu blog ;p
www.ocantinhodamimi.blogspot.com

Beijos*

Caillean disse...

Hum nao gosto de alcaparras, mas aqui em casa nao pode faltar a turminha adora. Usamos muito em molhos e com salmao num molho de manteiga fica uma dilicia. Gostei de saber sua procedencia, nao fazia idéia, adorei essa nova informaçao e a plantinha é linda!

Mas ja que estás com tédio fale do café, nossa sou viciada e pelo visto voce também rsrsrsrsrs
Quando acordo de manha tenho que tomar um cafe puro senao nao sou ninguem, falar do chocolate, ai sou chocolatra, taí duas coisas que podes falar e vou adorar ler.

Beijinhos linda!

)0(

Caillean disse...

Hum nao gosto de alcaparras, mas aqui em casa nao pode faltar a turminha adora. Usamos muito em molhos e com salmao num molho de manteiga fica uma dilicia. Gostei de saber sua procedencia, nao fazia idéia, adorei essa nova informaçao e a plantinha é linda!

Mas ja que estás com tédio fale do café, nossa sou viciada e pelo visto voce também rsrsrsrsrs
Quando acordo de manha tenho que tomar um cafe puro senao nao sou ninguem, falar do chocolate, ai sou chocolatra, taí duas coisas que podes falar e vou adorar ler.

Beijinhos linda!

)0(

Espaço do João disse...

Conheci as alcaparras na Madeira há muitos anos. Gosto imenso e, normalmente dão-se á beira mar. É no norte da ilha, nomeadamente no Porto do Moniz e em S. Vicente que se encontram em maior quantidade.

Anónimo disse...

Viva,

Alguem sabe onde se pode comprar sementes ou uma planta de alcaparras ?

Jael Palhas disse...

Estava com insónias a pensar em alcaparras, liguei o computador, encontrei este blog e não resisti a comentar...
Estva precisamente a pensar quantas pessoas comeriam alcaparras sem saber o que são nem de onde vêm... já me tinha questionado algumas vezes sobre isto,mas a resposta nunca a tive, ou se tive, foi incompleta e não me marcou...até há duas semanas.

Fui a Marrocos fazer uma apresentação no Congresso Mundial de Educação Ambiental e aproveitámos para ir de carro e conhecer o país, fora dos circuitos turísticos. O espaço não era muito para as bagagens, mas levámos alguns objectos que já não usamos, para trocar por lá, ou para dar a quem os valorize mais...entre esses (poucos) objectos, um amigo meu levou duas cadeiras de pano de criança daquelas que dobram. durante a travessia do atlas, ao atravessar uma aldeia, dois rapazes pequeninos aproximaram-se do carro para nos cumprimentar... lembrámo-nos das cadeiras e resolvemos oferecê-las. O mais novinho convidou-nos para tomar um chá em casa deles. Não conseguimos recusar um convie tão querido e subimos. fomos recebidos com enormes sorrisos pela mãe deles e pelas irmãs, sentaram-nos na sala, sobre tapetes e almofadas e serviram-nos um delicioso chá de menta... mas não acabou aí.. trouxeram-nos amêndoas, uma omolete bérbere, uma salada, pão bérbere (daquele que é cozido em cima de pedras sobre as brasas)...foi o lanche mais delicioso e a recepção mais calorosa que já alguma vez tivémos... após o "Chá" convidaram-nos para ir até à sala interior da casa, para lá tirarmos uma foto com toda a família e pedimos-lhes a morada para lhes enviarmos a foto por correio.Na sala interior tinhm um cestinho com uns 30 cm de diâmetro com algo que a senhora nos tentou explicar ser o seu trabalho... lá conseguimos ao final de algumas tentativas perceber o que era: Alcaparras! o trabalho da senhora era andar no meio das montanhas desérticas em busca de alcaparras, botões de uma planta que a senhora colhe (um pequeno cestinho por dia). Assistimos à chegada do senhor que lhe compra as alcaparras para as vender para Marrakech, para irem para França...para eventualmente as comprarmos...quanto custa um frasquinho de alcaparras? quanto custa a embalagem e o transporte? quantas pessoas receberão parte do dinheiro que pagamos por um frasquinho de alcaparras? quanto receberá a "Fátima das alcaparras" que passa o dia nas montanhas a apanhar botões? e que tão calorosamente recebe os convidados desconhecidos?

Infelizmente as fotos desse dia apagaram-se todas e ficámos muito tristes pois foi o dia mais marcante da viagem...

Nunca mais vamos comer alcaparras da mesma maneira...

Hoje antes de me deitar fui colocar coisas no frigorífico e reparei num frasquinho de alcaparras... não consegui adormecer sem vir comer alcaparras, observá-las, saboreá-las,pesquisar sobre elas...e pensar no longo caminho que podem ter feito desde as áridas encostas do Atlas até ao meu frigorífico.

analuciana disse...

Jael Palhas, muito obrigada pela partilha!!!!!

Blog Widget by LinkWithin