sexta-feira, 7 de maio de 2010

Não percebemos mesmo nada disto...

Para quem nunca teve grande experiência com bebés, de repente vê-se num mundo novo e desconhecido.

Ainda me lembro de não conseguir distinguir um body de um babygrow, até a minha amiga N. , quando acabou de rir à gargalhada, me explicar que simplesmente os bodies não tinham pernas porque eram interiores. Dahhh, para mim.

Mas depois da J. nascer, as azelhices continuaram, e certamente continuarão!

Como sabem, as cadeirinhas (ovo) podem levar uns encaixes adaptadores ao carrinho, caso este seja de outra marca. Pois bem, depois de muuuuuuuuito tempo a tentar encaixar o 'ovo' na sua base Isofix, e a ver que não cabia, lá percebemos que os encaixes DEVEM ser tirados, senão não cabe mesmo!!!

Com os mesmos encaixes tivemos outra aventura: a primeira utilização do 'ovo' no carrinho! Claro que antes dela nascer testámos tudo, mas depois deu-nos assim um ataque de burrice. Então não é que os encaixes só encaixavam no carrinho e nada de encaixar no 'ovo'??? E o tempo a passar, e nada... Até que, como o material tem sempre razão, lá percebemos porquê.  É que o encaixe do lado esquerdo, tem mesmo que ser posto do lado esquerdo e o do direito a mesma coisa!!!! Burros!!!!

Mas depois temos um jovem papá todo bem intencionado, que vai dar banho à filha, mas devia ter medo que ela tivesse frio nos pés, e toca de a enfiar na banheira com peúgas e tudo!!!! Ora pois claro, que o meu marido não é esquisito. E depois diz-me com um ar inocente: "ups, esqueci-me de lhe tirar as peúgas!"

Claro que este papá é assim, divertido, e por isso não vai de delicadezas para abrir o pacote das toalhitas, que até tem abertura fácil, por cima. Não, um homem nunca se atrapalha, e vai de abrir à bruta a embalagem das toalhitas, mas de lado, como se de um pacote de bolachas se tratasse!!!

Têm sido dias divertidos também!!!

3 comentários:

HAZEL disse...

ahahahahha
O que me ri a ler as vossas aventuras!
Nós passámos pelo mesmo.
Ainda me lembro do primeiro banho que dei ao L. lá no Hospital, o que eu suei de nervos...
E a primeira fralda de cócó que lhe troquei, gastei um pacote inteiro de Dodots a limpar-lhe o rabiosque.
Mas o que vale é que aprendemos muito depressa.

Muitas felicidades para a jovem família!

Catarina disse...

Essa das peúgas está hilariante!!! Com o tempo tudo de aprende :) Bjocas

luarte disse...

Diversão e boa disposição não falta para esse lado. Portanto, uma casa cheia :)
O que já me diverti a ler estes episódios.
Desculpa não te ter respondido ao email (acabei por só agradecer-te no post), mas graças a ti já tenho a minha máquina de costura. Já andei de volta dela, mas ainda não nos entendemos :P
Não há forma de eu aprender a enfiar a linha na agulha. Processo complexo este ou azelhice na certa :P
Deve ser mais isto, o último caso.
Beijinhos

Blog Widget by LinkWithin