terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Alguém me pode explicar?

Olá!
Tive uma ideia! Ao longo dos anos vou-me apercebendo que as minhas crianças pouco mais conhecem do que o cão, o gato, o peixinho lá do aquário, o urso ou a tartaruga, ou o cravo, a rosa e o malmequer. Vivem prisioneiras de uma liberdade que não podem ter, confinados aos poucos metros quadrados do apartamento, para quem os passeios em família, quando os há, são mais ao shopping do que ao jardim.
Os meus meninos não sabem o que é o Eucalipto, quanto mais reconhecerem o seu cheiro, nunca viram um rábano, e acham nojento um nabo sujo de terra, os meus meninos não sabem o que é 1 Dália, ou um feto, ou um lírio, e o malandro do livro de Ciências parece que faz de propósito, referir plantas e animais que eles não conhecem!
Este ano decidi criar um dossier, que funcione como banco de imagens, mas percebi que ficaria pesado, estragava-se, e então o melhor seria um blogue!
E agora preciso de ajuda, principalmente de quem tem mais do que 1. Ficam os 2 associados à minha conta, mas eu não quero que os meus alunos através do meu perfil cheguem a este blogue, e também não pretendo protegê-lo com password. Haverá alguma forma de impedir que através do blogue para os alunos se chegue até este?
Sim, eu imagino que seja muito óbvio, mas não estou a conseguir perceber.

16 comentários:

Maluxa disse...

Oi Analuciana
Não sei responder bem a tua questão!!
Mas estive a pensar um pouco e axo que o mais seguro seria criar um endereço novo e depois nesse endereço criar o dito Blogue, que tb axo uma boa ideia!!
Mas axo que em paralelo podiam criar o dito dossier...ainda tem gente sem PCs e sem Net... Além disso a pesquisa do cheiro num blogue tb não se consegue...podiam fazer as pesquisas IN LOCO
É só uma ideia...ia promover mais passeios com os pais, avós, tios ..etc :))

Beijinhux
MaluXa *

Jardineira aprendiz disse...

É uma óptima ideia!

É possível fazer o que pretendes, mas o melhor é criar outra conta, embora isso complique com mais usernames e passwords.

Se quiseres criar o tal blogue nesta conta podes ocultá-lo no teu perfil, basta procurar nas definições de perfil. É claro que também terias que tirar o perfil do blogue, ou seja aquela coisinha que diz 'quem sou eu' ou 'o meu perfil', qualquer coisa do género que não me lembro agora, do blogue novo, senão os miúdos iam ter ao perfil na mesma. Mesmo assim seria possível fazer a associação entre os autores dos blogues, uma vez que nos dois apareceria 'publicado por analuciana' Claro que até isso se pode tirar indo ao painel de controlo e editando os elementos do esquema. Mas assim passaria a ser um blogue anónimo! E isso é um bocadito estranho. Por isso é que acho que o melhor nestas situações é criar outra conta. Podes fazê-lo no google, criando outra conta de raíz, ou podes fazê-lo num outro servidor, porque há vários de serviços grátis. Eu tenho dois blogues ligados ao meu trabalho no wordpress, também porque não os queria assinar com o mesmo nome, mas principalmente porque o wordpress fornece bastante mais espaço, e eu uso muitas imagens.

É um bocadito mais complicado ter várias contas, mas é o melhor.

Jardineira aprendiz disse...

E agora vi o comentário da Maluxa e concordo plenamente :) Não há nada que chegue ao contacto físico com as coisas, por isso não desistas da opção real em paralelo!

Espaço do João disse...

Bem.
Conheço uma pessoa que poderá ajudar-te. Vai até aos meus links, clicas em Pascoalita, diz que fui eu que informei e, logo terás uma resposta adequada.Não admira que os teus meninos não saibam donde vem as coisa.Qualquer dia se lhes perguntar-mos donde vem o leite,os ovos, o vinho etc. poderás ouvir como resposta que veem do supermercado. No entanto, abres o meu blog e mostrales algo que tenha publicado. Se lá fores ás postagens mais antigas, encontrarás até eu a apanhar um enxame de Abelhas e lidar com elas. Há lá coisas interessantes ,até o nascer dum bezerro. Volta sempre. Um beijo de amizade João.

Espaço do João disse...

No dia 24 janeiro de 2009, fizeste uma postagem duma roseira atacada de piolho branco.
Vai até uma casa da especialidade de pesticidas e compra uma embalagem de "Dessis", segue as instruções e, tens o problema resolvido.

Maluxa disse...

Alooo :)

Venho só meter a colher pk devia-mos apostar em produtos biológicos e não em pesticidas!!!
Eu não sei quais são, mas sei que existem!!!

Analuciana xegáste a ir ao Forum que te falei outro dia??
Vou deixar aqui outravez ;)

http://www.forum.carnivoras.org/

Jardineira aprendiz disse...

Água de sabão, por exemplo. Não consigo ver bem a foto, mas é possível que haja algum desiquilíbrio a corrigir para prevenir a infestação. Nos métodos biológicos é essencial a prevenção para evitar os tratamentos.

Os químicos são muito eficientes a curto prazo, mas têm sempre muitos inconvenientes a médio e longo prazo, por isso concordo que se devem evitar sempre que possível.

E peço desculpas de estar também a meter a colher, mas como tinha subscrito os comentários...

Maluxa disse...

LoL :)
Eu axo que a Analucia nos perdoa as colheradas ;)

Essa da água de sabão já ouvi falar...mas faz-se como?? Sabes??
E pode-se usar em tudo???

Eu axo que o biológico foi a solução do passado e vai ser a solução do futuro!!!

Jardineira aprendiz disse...

Bem, uma vantagem que os químicos têm é que são mais simples... para as soluções biológicas é preciso frequentemente alguma experimentação, e um bom conhecimento da situação.

Existem muitas receitas, alguns dizem que funcionam só com água e sabão, outros não. Nem sempre funciona, e às vezes depende da forma como se aplica, se se apanham bem os bicharocos todos, em que estádios estão, etc. Eu já usei uma mistura comercial que tinha neem e funcionou. Vê estas duas páginas:
http://agropecuariapintadense.blogspot.com/2007/06/produtos-orgnicos.html
http://denisol.wordpress.com/2008/07/28/pulgoes/ tem opiniões diferentes.

Sei que existem receitas caseiras com água sabão e álcool fáceis de preparar, mas não sei as receitas, teria que procurar. Talvez se encontre na net, com um bocadinho de paciência :)

Maluxa disse...

Bigada nina :)
Vou ver...e já agora vou pesquisar um pouco pela Net!!!
A produção Biológica usa , portanto tem de haver :) lol
Também já me falaram de água com "fumo" ...essa eu ainda não entendi bem, o site é brasileiro e não tou a ver bem o que seja o dito "fumo"...axo que é um fio...mas não sei bem!!

Alguém sabe???

Vamos virar "experts"
:))

Jardineira aprendiz disse...

Eu também não sei o que é, mas desconfio que seja uma planta. Se descobrires conta ;)

analuciana disse...

OLÀ A TODOS!
quero desde já agradecer as vossas sugestões quanto ao blogue, este fim de semana vou-me dedicar ao assunto. No entanto ontem na aula de Ciências falei no assunto aos miúdos, e fiquei impressionadissíma com o desentusiasmo deles, porque ir ver â net 'dá muito trabalho', acho que os miúdos já nascem cansados!

Quanto às sugestões para a minha roseira piolhosa, também agradeço, e também terá que esperar pelo fim de semana para que eu lhe dÊ cabo dos piolhos, vai na volta e leva com quitoso, ehehehe... Tou para aqui a chamar piolhos, mas acho que o mome correcto é pulgões, bem que mandava vir algumas joaninhas, para se banquetearem!

Todas as vossas 'colheradas' são bem vindas, sempre!

Espaço do João disse...

Querida amiga.
Sei que devemos evitar os pesticidas. Eu próprio tento usá-los o menospossível. Por ex. nas laranjeira ainda uso a velha calda bordalesa bem como para a vinha. No entanto certas ocasiões não chega. Como tratar o Míldio e o Oídio das videiras e das roseiras sem esses productos? Quando estamos doentes não tomamos medicamentos? Claro que a calda bordaleza, sou eu que a preparo. Infelizmente para alimentar a humanidade temos que usar alguns productos,com conta , peso e medida. Como é que se consegue comer certos frutos fora de época? Será com a cultura biológica? Creio que não. Como sabemos que em especial as frutas que todos compramos não são tratados até fora de época, causando muitas vezes grandes dissabores? Não sejamos utópicos ao ponto de não tratarmos as plantas sem alguns pesticidas e erbicidas. Abraço amigo João

Maluxa disse...

Oi Ana...
Realmente os miudos não sabem dar valor aquilo que existe hoje em dia!!!
Nasceram já com tudo à mão!!
Tenho 4 sobrinhos!!
As x falamos de cenas em que era-mos da idade deles, a Paty de 11anos,ela não consegue imaginar a vida sem telemóveis, sem os "500" canais de cabo, sem o Computador(mas só p andar no messenger ;) a falar com os coleguinhas)
Realmente, assim é dificil!!!

Quanto ás colheradas :)) lol

Oh João, a utopia tb faz parte da vida!!!
Além disso se quiser-mos podemos evoluir no sentido saudável!!!
Infelizmente não tenho posses para consumir produtos biológicos, mas já evito muita coisa...além de biológicos, amigos do ambiente e NÃO testados em animais!!!
Basta querer-mos!!!
Se todos mudasse-mos um pouquinho, aos poucos xegáva-mos lá!!
Eu sou do tempo em que comia a fruta da época..e era tão mais saborosa!!!
Tenho experança que esse tempo "volte" ...pois é a unica maneira de ter-mos de novo um Mundo e uma Vida saudável!!!
Xamem-me louca se quiserem, mas prefiro ser louca assim :))

HAZEL disse...

Eu aconselhava-te a criares outro endereço de email, no Gmail, e a criares o novo blog agregado a esse novo email.
Parece-me o mais lógico e simples.

Beijinhos

Anónimo disse...

Por que nao:)

Blog Widget by LinkWithin