sábado, 11 de julho de 2009

Courgettes



Ora bem, cansada de comprar courgetes de 'faz de conta' nos supermercados, por nem sempre ter tempo para ir à praça, fui pedindo ao meu pai que na sua horta experimentasse plantá-las. O meu pai foi exagerado e plantou muitas sem saber que cada pé só por si já rendia muitas. Conclusão, andamos todos a comer courgettes quase de castigo!


Hoje lembrei-me de fotografar antes de pôrm no forno, e de partilhar aqui no meu espaço.


Pus um 'fio de azeite' no fundo desta travessa, para não colarem ao fundo e dispus uma camada de rodelas, salpiquei com sal e poejos (também já experimentei com oregãos; tomilho; magericão), e fiz uma segunda camada, voltei a por sal e poejos (gosto do ar adocicado do poejo), e um 'fio de azeite' por cima. Levei ao forno por +/- 40 minutos e já está!


Já fiz com queijo ralado por cima, e também ja fiz como se fosse empadão, em que o puré de batata é substituído pelas rodelas de courgette.


Pois, eu raramente as descasco, lavo bem lavadas e uso com casca, dá cor e alegra o prato!




A courgete é um fruto em baga da planta com o mesmo nome. Cultiva-se nos países mediterrâneos, na Holanda e na América do Norte. Parece-se muito com o pepino, embora botanicamente se situe muito mais perto da abóbora. Trata-se de uma planta herbácea anual, da família das Cucurbitáceas, cujo caule não reptante (ao contrário da aboboreira) atinge até um metro de comprimento.Todas as variedades de courgete têm uma polpa branca ou amarelada semelhante à do pepino, embora mais consistente. Pelo seu delicado sabor (que lembra um pouco o da noz), e pelas suas propriedades dietoterapêuticas, a courgete conquistou uma merecida reputação entre as hortaliças. Pode ser cozinhada em guisados, tortilhas ou frita. Frita é muito saborosa, mas apresenta o inconveniente de absorver uma grande quantidade de óleo. Posta a ferver, bem picada, em leite de vaca ou de soja temperados com sal e um pouco diluídos, reduzida depois a creme e engrossada com farinha maizena até atingir a consistência desejada, faz um delicioso creme.Apesar da courgete pertencer à mesma espécie botânica que a abóbora, apresenta características próprias. Por exemplo, não tem quase nenhum betacaroteno, ao contrário da abóbora que é muito rica nesta importante provitamina; por outro lado, possui 1,16% de proteínas, uma quantidade muito semelhante à da abóbora.Tanto a abóbora como a courgete têm em comum o facto de serem muito pobres em gorduras, em sódio e em calorias, sendo que a abóbora apresenta valores mais baixos de ambos os nutrientes.A courgete sobressai pelas suas propriedades emolientes (suavizantes) sobre o aparelho digestivo. Também é ligeiramente diurética. Tudo isto a fazem ser muito apropriada nos seguintes casos:- Dispepsia (má digestão), gastrite, cólon irritável, colite (inflamação do cólon).- Curas de emagrecimento: Contém muito pouca gordura e calorias, com uma quantidade relativamente elevada de proteínas.- Afecções cardiovasculares, como hipertensão arterial, arteriosclerose e afecções coronárias.



Jorge Pamplona Roger , A Saúde pela Alimentação

6 comentários:

luarte disse...

Eu sou mais uma adepta das courgettes, mas se calhar em exagero também não sei se enjoaria :P
Normalmente faço-as ou salteadas num fio de azeite, grelhadas ou guisadas. Hei-de experiementar também no forno. Obrigada pela dica.
Beijoca

Maluxa disse...

Oi Aninhas :)
Até dá agua na boca :)
Tb gosto muito...pena não ter hortinha aki...
Uso muito na sopa e em refogados...nunca fiz no forno pk sai caro , gasta se muito gas!!! ;)
Jinhuxxxx

Célia Ribeiro disse...

Muito bem...
Adorei a receita, gosto deles cozidos em vapor, nunca tinha pensado em fazer no forno.
è sempre bom ter- mos novas ideias.
Abraço Célia

N... disse...

Mais uma fã de courgettes! o meu pai tb plantou e faz umas sopitas maravilhosas (em substituição da batata não há melhor e é muito mais saborosa) com este vegetal!!! Só tenho a dizer bem! (deixo-as crescer muito é com cada uma deviam de ver, eheheh!!)

Ozenilda Amorim disse...

Ahhh! pensei que fosse pepino, já estava certa de copiar a receita, pois parece bem apetitosa.
;)

Bricolar e Poupar disse...

Hummm, a minha mãe tb planta os courgettes, são optimos! Tb não descasco, dizem que a casca tem propriedades muito boas e que fazem bem ;D

Blog Widget by LinkWithin